http://iflorestal.sp.gov.br

O Cinturão Verde

A Região Metropolitana de São Paulo compreende 39 Municípios e ocupa uma superfície de 805.300 hectares com uma população de mais de 16 milhões de habitantes. Apresenta, portanto, uma concentração demográfica acima de 2.000 hab/km2. Com isso, esta região concentra mais de 10% da população brasileira em menos de 1 milésimo do território nacional.

Essa concentração demográfica se distribui de maneira caótica, engendrando um ambiente social de contradições que se reflete na organização do espaço territorial, saturando e consumindo os recursos ambientais. A cidade é a um só tempo “local de consumo e consumo do local”.

Na expansão constante da mancha urbana em direção à periferia, a cidade vai devorando seus recursos naturais, tecido verde, solo, água, ar e a própia memória do sítio primitivo. Fotos recentes de satélite revelam a mancha urbana avançando sobre áreas críticas sensíveis do Cinturão Verde, sem deter-se nos obstáculos naturais, como os mananciais de água da região sudeste, os paredões cristalinos da Serra da Cantareira na região norte e o maciço da Serra de Itapeti a leste.

Dentre as razões que motivaram a declaração do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo como Reserva da Biosfera, destaca-se o fato de que esta Reserva envolve a segunda maior cidade do planeta e concentra 10% da população brasileira com baixíssimos índices de área verde por habitante.

 

O Cinturão Verde é o responsável pela qualidade de vida da metrópole de São Paulo, na medida que apresenta 10 grandes benefícios:

  • abriga os mananciais que abastecem a cidade e as cabeceiras e afluentes dos rios que cortam a área urbana;
  • estabiliza o clima, impedindo o avanço das ilhas de calor em direção à periferia;
  • auxilia na recuperação atmosférica filtrando o ar poluído, principalmente de substâncias particuladas;
  • abriga grande biodiversidade de espécies;
  • protege os solos de áreas vulneráveis, onde se produzem chuvas torrenciais, amenizando as enchentes na malha urbana;
  • uso social
  • garante parte da segurança alimentar das cidades;
  • constitui reserva do patrimônio cultural;
  • apresenta forte potencial para novas descobertas científicas;
  • estimula as atividades autosustentáveis.

 

Em contrapartida, podemos também listar as 10 maiores ameaças ao Cinturão Verde:

  • Especulação Imobiliária;
  • Grandes obras de infra-estrutura;
  • Legislação inadequada e descumprida;
  • Regulamentação fundiária precária;
  • Extração ilegal de recursos florestais;
  • Mineração;
  • Lixo Urbano;
  • Poluição atmosférica;
  • Depredação do ambiente por indivíduos não conscientes;
  • Desconcentração industrial.