http://iflorestal.sp.gov.br

19/02/19 15:23

“Horto de Tupi” apresenta novidades para 2019 em programas de Educação Ambiental

A Estação Experimental de Tupi, conhecido como Horto de Tupi, uma das áreas protegidas sob gestão do Instituto Florestal, localizada em Piracicaba. Em parceira com o IF e a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba (SEDEMA) apresentam novidades para 2019 nos programas de educação ambiental realizados na Estação.

Novo programa

Em continuidade à parceria com a Escola Estadual Pedro de Mello, será desenvolvido o “PJ-Tupi”, um programa de educação integral e ecoprofissional. De acordo com a especialista ambiental do IF, Maria Luísa Bonazzi Palmieri, “ao invés de nós ministrarmos os encontros formativos com um grupo pequeno de jovens, complementando o ensino da escola, decidimos inovar. Valorizando o protagonismo dos professores e envolvendo toda a escola nesse processo, no âmbito do Programa de Educação Integral do Estado de São Paulo”.

Maria Luísa ainda relatou que o intuito é que todas as disciplinas eletivas da escola sejam voltadas ao PJ-Tupi, e que a unidade seja um dos espaços educadores, utilizado conforme a demanda de cada uma delas. Além de afirmar que a equipe organizadora do programa está trabalhando com os professores na elaboração das ementas das disciplinas, juntamente com parceiros voluntários, principalmente grupos da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” e produtores rurais locais. As disciplinas envolvem temas como Botânica, Zoologia, coleta de sementes e produção de mudas, ecoturismo, História de Tupi, consumo, resíduos, empreendedorismo, agroecologia, alimentação saudável, produção rural local e expressões corporais e arte. Cada estudante poderá escolher aquela com a qual mais se identifica.

O diretor da Escola Estadual Pedro de Mello, Thiago Franco, explicou que esta é a primeira escola rural integral do Estado de São Paulo e o objetivo é valorizar essa identidade e o trabalho de formação integral e ecoprofissional que já vinha sendo buscado. “O PJ-Tupi comprova a importância do protagonismo juvenil na formação de um profissional preocupado consigo, com o outro e com o planeta, desenvolvendo atitudes e valores que respeitam a diversidade planetária e o ecossistema”, afirmou.

“Vem pro Horto”

No “Vem Pro Horto”, programa que tem o objetivo de aproximar comunidade à unidade contribuindo para que esta se torne cada vez mais um espaço educador sustentável, a novidade é a realização da atividade “Vem Passarinhar!”, voltado à observação de aves.

No dia 10 de fevereiro, foi realizado o evento que reuniu cerca de 30 pessoas, o biólogo voluntário Valdir Felipe, que conduziu a atividade, comentou a iniciativa. “Nós observamos cerca de 40 espécies diferentes, destacando a gralha-do-campo, o pica-pau-pequeno e o gavião-belo, que foi o primeiro registro aqui no Horto, que dificilmente é avistado em Piracicaba. Foi muito bacana ver a interação das pessoas com a natureza, e a unidade é um dos principais locais para esse tipo de atividade na cidade”. O analista ambiental da SEDEMA, Giovanni Batista Campos, que acompanhou o projeto, também exaltou a ação, “a primeira atividade do Vem pro Horto em 2019 foi um sucesso, pudemos contemplar a beleza das aves presentes no Horto e promover a educação ambiental”, destacou.

Além disso, a Estação Experimental de Tupi também é visitada por diversos grupos, como os escoteiros. No início de fevereiro, foi efetuada uma visita monitorada com o ramo “lobinho” do Grupo Escoteiro Uirapuru, de Santa Bárbara d’Oeste, composto por crianças de 6 a 11 anos. Segundo o chefe de seção do ramo lobinho, Marcelo Baldin Marrosso, são realizadas diversas atividades na área, valorizando a biodiversidade e a importância da conservação da natureza.

O que vem por ai

A bióloga da SEDEMA, Elizabeth da Silveira Nunes Salles, ressaltou que há diversas outras iniciativas planejadas no âmbito do “Vem Pro Horto”. Como atividades lúdico-educativas para crianças, oficinas para ciclistas e caminhada histórica. A próxima atividade do programa será a Oficina “Conheça sua bike e caminhos do Horto” no dia 10 de março, às 9h. Além disso, Elizabeth explicou que devido à formalização da parceria entre a Prefeitura de Piracicaba e o Instituto Florestal na gestão da área de visitação desde junho do ano passado, a unidade tem sido incluída em programas e projetos da Prefeitura. Um exemplo é o “Lazer no Parque”, atividade que acontecerá no dia 24 de março (domingo), com cama elástica e brinquedos infláveis para crianças.

A bióloga afirmou ainda que em breve serão divulgadas as atividades previstas nos programas “EducaTrilha na Escola”, concurso de projetos de educação ambiental nas escolas envolvendo visitas ao Horto. E “Bacia Caipira: seguindo as águas e trazendo histórias”, voltado a grupos de terceira idade de Piracicaba e Santa Bárbara d’Oeste.

Fotos: Acervo Estação Experimental de Tupi

Mais informações: Maria Luísa Bonazzi Palmieri – Estação Experimental de Tupi – Tel.(19) 3438-7116 / 3438-7200