http://iflorestal.sp.gov.br

13/02/19 14:28

Alunos da UNESP de Botucatu realizam estágio de aprimoramento no Instituto Florestal

Os alunos do segundo ano do curso de Engenharia Florestal da Unesp de Botucatu realizaram um estágio de aprimoramento profissional na sede do Instituto Florestal, no Parque Estadual Alberto Löfgren (Horto Florestal). O estágio realizado do dia 14/01 até 08/02 teve o objetivo de complementar em campo prático os conteúdos vistos em sala de aula por meio de atividades profissionais e técnico-científicas.

O professor Dr. Valdemir Antonio Rodrigues, coordenador da Casa da Natureza do Departamento de Ciência Florestal da Unesp/Botucatu foi o responsável pela supervisão dos estudantes.

No primeiro dia os alunos foram recepcionados pelo diretor geral Luis Alberto Bucci. Em seguida foi realizada a apresentação da área administrativa da Instituição pelo especialista ambiental Paulo Andreeto de Muzio.

Ao longo dos dias os estágiarios fizeram diversas atividades práticas e de campo, como visita ao Museu Florestal Octávio Vecchi de responsabilidade da Natália Ferreira de Almeida, visita de campo aos núcleos Pedra Grande, Águas Claras e Engordador do Parque Estadual da Cantareira acompanhados pelo técnico Arthur Cezar Santinello, a caminhada e atividade sobre as aves como ferramenta de conservação e manejo pelo pesquisador científico Alexsander Zamorano Antunes e aos laboratórios da Divisão de Dasonomia executado pelo pesquisador científico Eduardo Luis Longui, com destaque para a oficina de experimentação com germinação de sementes pelo Técnico Ap. Pesq. Hugo da Fonseca.

Os alunos puderam visitar o projeto Resgatando Vidas e Restaurando o Bioma – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD), onde o Instituto Florestal realiza oficinas de preparo de mudas visando à ressocialização de dependentes químicos, em parceria com a Secretaria de Saúde.

Também houve atividade prática com medição das árvores no Arboreto 500 Anos ministrada pelo engenheiro Antonio Celso Martins de Mello, coleta e herborização de material botânico e identificação de espécies efetuado pelo pesquisador científico Osny Tadeu de Aguiar, apresentação do Plano Anual de Outorga Florestal (PAOF) pela pesquisadora científica Elaine Aparecida Rodrigues e práticas em fitossociologia e florística de florestas feita pelo Frederico Alexandre Roccia Dal Pozzo Arzolla. Entre outras realizações.

O IF proporcionou ainda um curso sobre Sistemas Agroflorestais (SAF), realizado no município de Sete Barras/SP, coordenado pelo pesquisador científico aposentado Guenji Yamazoe.

Segundo a aluna Rafaela Ferreira Cicarelli o estágio foi muito proveitoso, “aprendemos muita coisa relacionada ao nosso curso, cada atividade de campo e cada aula prática que tivemos em laboratório foi muito importante para a nossa formação e aprendizado”. Luis Alberto Bucci lembra que o IF é uma instituição multidiciplinar que atua em diversas áreas da engenharia florestal, “para o Instituto Florestal é um enorme prazer receber esses alunos […] eles tiveram o privelégio de beber direto da fonte um conhecimento amplo e necessário para a sua vida profissional”, afirma o diretor geral.

Fotos: Acervo Instituto Florestal