http://iflorestal.sp.gov.br

05/07/18 13:26

Estudantes da ESALQ elaboram propostas para a Estação Experimental de Tupi

Neste primeiro semestre de 2018, estudantes da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ/USP dos cursos de Ciências Biológicas e Engenharia Florestal desenvolveram trabalhos referentes às disciplinas “Ecologia Aplicada” e “Manejo de Áreas Naturais Protegidas” tendo como foco a Estação Experimental de Tupi (conhecida como “Horto de Tupi”).

As propostas elaboradas no âmbito da “Ecologia Aplicada”, ministrada pelos professores Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz e Flávio Bertin Gandara Mendes, foram apresentadas no dia 25 de junho e envolveram temas como manejo florestal, prevenção e combate a incêndios, minimização dos impactos na fauna, relação com a comunidade do entorno, controle de espécies invasoras, entre outros. Ao longo do semestre, os alunos identificaram problemas existentes na unidade e construíram soluções com o auxílio de seus tutores. Uma das propostas já realizadas foi a Trilha da Saúde, no dia 16 de junho, com cerca de cinquenta participantes da comunidade.

Quanto à disciplina “Manejo de Áreas Naturais Protegidas”, ministrada pela professora Teresa Cristina Magro Lindenkamp, a apresentação dos trabalhos foi realizada no dia 04 de julho envolvendo temas como estudos de demanda para atividades de uso público, recuperação de áreas degradadas, sinalização, manejo de trilhas, estruturas de recepção e alimentação, arvorismo, entre outros. Nessa disciplina, há mais de dez anos vêm sendo desenvolvidas atividades com os estudantes, estabelecendo-se uma contribuição dos mesmos quanto à gestão da unidade e reafirmando a importância da ESALQ em processos de extensão universitária.

As propostas apresentadas serão analisadas por um comitê gestor formado por representantes do Estado, município, comunidade acadêmica e sociedade civil, previsto no termo de permissão de uso da área de visitação do “Horto de Tupi” para a Prefeitura de Piracicaba. Esse processo é uma forma de participação social e envolvimento da comunidade na gestão da área e pode contribuir para que esta cumpra cada vez melhor suas funções.

Fotos: Acervo Estação Experimental de Tupi

Mais informações: Maria Luísa Palmieri – Estação Experimental de Tupi – Tel:(19) 3438-7116