http://iflorestal.sp.gov.br

09/02/18 08:00

Pesquisadora do Instituto Florestal participa de livro sobre Reservas Biológicas da USP

Lançada no final de 2017, a obra contou com a colaboração de diversos especialistas, apresentando descrições do ambiente físico, da vegetação e da fauna dos diversos campi da Universidade

Exemplar de ipê-roxo no campus da Esalq / USP, em Piracicaba

A pesquisadora científica do Instituto Florestal (IF) Natália Ivanauskas é a autora principal do capítulo “Piracicaba” no livro Reservas Biológicas da Universidade de São Paulo. O livro foi lançado no final do ano passado e contou também com a colaboração de diversos especialistas, apresentando descrições do ambiente físico, da vegetação e da fauna dos diversos campi da Universidade.

A partir de 2012, a Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da Universidade de São Paulo (USP) iniciou um programa de identificação e mapeamento de áreas disponíveis para a criação de uma rede de reservas ecológicas.

A publicação traz a descrição do ambiente físico, da vegetação e da fauna das reservas ecológicas da USP, documentando seus aspectos mais relevantes.

De acordo com matéria publicada no Jornal da USP, dos mais de 76 milhões de metros quadrados de território da Universidade, mais de 23 milhões são de áreas verdes preservadas, o corresponde a 30,1%. Atualmente as reservas ocupam 2.312,29 hectares. A maior se encontra no campus de Piracicaba, com 1.111,88 hectares.

As reservas constituem um mosaico de ambientes nos quais encontram-se valiosos representantes de diferentes ecossistemas, de acordo com as regiões do estado onde se distribuem os diversos campi da Universidade. As características das reservas são testemunhos de distintos processos históricos: a maioria delas ainda guarda muita similaridade com os ecossistemas originais, enquanto outras foram alteradas ao longo do tempo, passando por um processo de restauração. Como as reservas situam-se nos biomas do Cerrado e da Mata Atlântica, sua conservação pode ser estratégica para a sobrevivência de espécies típicas desses ambientes peculiares.

O livro Reservas Ecológicas da Universidade de São Paulo foi organizado por Wellington Delitti e Vânia Pivello, professores do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências (IB) da USP, e publicado pela Edusp. A obra pode ser adquirida pelo link: http://www.edusp.com.br/loja/produto/1330/reservas-ecologicas-da-universidade-de-sao-paulo

Natália Ivanauskas é Doutora em Biologia Vegetal pela Universidade Estadual de Campinas (2002).

Saiba Mais: http://jornal.usp.br/cultura/livro-expoe-o-desafio-da-usp-de-preservar-seu-patrimonio-ambiental/

Foto: Pedro H., Santin Brancalion

Mais informações: Pesquisadora científica Natália Macedo Ivanauskas – Tel.(11)2231-8555/Ramal 2097