http://iflorestal.sp.gov.br

13/12/17 12:44

Oficina sobre zoneamento tem grande participação de produtores rurais em Avaré/SP

“A melhor parte da existência dos conselhos consultivos nas unidades de conservação é mediar às questões de gestão dos recursos que compõem o ambiente da unidade junto à sociedade através de seus atores”, afirma Paulo Henrique dos Santos

No dia 05 de novembro, aconteceu mais uma reunião do Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Avaré. Na ocasião, foi realizada oficina de Zoneamento do Plano de Manejo. O evento ocorreu no salão paroquial da Capela Senhor Bom Jesus, no Bairro Andrade e Silva, contíguo à unidade.

Paulo Henrique dos Santos, suplente da presidência do conselhos consultivo da unidade, realizou a abertura do evento. Gil Scatena e Aline Queiroz, das coordenadorias de Planejamento e Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (SMA), fizeram considerações sobre a oficina anterior: diagnóstico. Rodrigo Machado e Simone Amaral, das coordenadorias de Fiscalização e educação ambiental falaram sobre a disponibilização deste material. Em seguida, o pesquisador científico do Instituto Florestal (IF) Roque Cielo Filho realizou apresentação sobre zoneamento, tratando da concepção, dos objetivos, dos critérios e das atividades permitidas.

Logo após, foram montados grupos de trabalho para discutir o zoneamento da unidade de forma participativa. O corpo-técnico do IF acompanhou o processo, orientando e esclarecendo dúvidas dos participantes.

Mais de 50 pessoas estiveram presentes. Além dos conselheiros e suplentes, que tiveram representação total, a reunião teve significativa participação dos produtores rurais do entorno. Os funcionários da Floresta Estadual de Avaré José Carlos dos santos (o Jota) e Antonio Sérgio Felipe rodaram 180 km para divulgar a reunião para os produtores. Nelson Aparecido de Souza, suplente no conselho e responsável pelas instalações do salão paroquial, foi imprescindível para a realização desta reunião em parceria com o Instituto Florestal. Vale ainda destacar a importante participação de sindicatos, conselhos municipais, secretários, vereadores, patrulha rural da Polícia Militar e empresários, que marcaram expressiva representatividade da sociedade no processo de construção participativa desse documento de gestão de um espaço que tem como objetivo a conservação integral dos recursos naturais.

“A melhor parte da existência dos conselhos consultivos nas unidades de conservação é mediar às questões de gestão dos recursos que compõem o ambiente da unidade junto à sociedade através de seus atores”, afirma Paulo Henrique dos Santos.

A próxima reunião será realizada em 19 de dezembro no mesmo local e tratará dos programas integrantes do Plano de Manejo, bem como suas ações e prospecções.

Fotos: Acervo Seção de Floresta de Avaré

Mais informações: Paulo Henrique dos Santos – Floresta Estadual de Avaré – Tel. (14) 3732-0290