http://iflorestal.sp.gov.br

11/07/17 11:07

Evento sensibiliza a população de Guareí (SP) para a preservação do mico-leão preto

Parte das ações do Programa Município Verde Azul, o evento teve como base a pesquisa de mestrado de uma ex-estagiária do Instituto Florestal

No dia 22 de junho, foi realizado evento no município de Guareí (SP) com o objetivo de compartilhar informações sobre o mico-leão preto e envolver a população em sua preservação.

A ação foi promovida tendo como base o projeto de pesquisa “Passagens Aéreas de Fauna: um experimento para o mico-leão preto”, realizado pela mestranda Francini Garcia do Programa de Pós-Graduação em Conservação da Fauna da Fundação Parque Zoológico de São Paulo e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) em parceria com a Estação Ecológica de Angatuba (Instituto Florestal) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Guareí.

O objetivo do evento foi envolver a população ao projeto desenvolvido e compartilhar informações sobre a espécie, que é um Patrimônio Ambiental Paulista. “Foi muito bom participar do evento, para entender mais sobre a fauna e a preservação dos micos”, afirma Iohan Santos Pires, morador de Guareí.

A ação contou com exposição de banners sobre o mico-leão-preto e o projeto de pesquisa e distribuição de pôsteres e materiais educativos. Também foram realizadas as apresentações de vídeos dos animais utilizando as passagens de fauna e do mico-leão-preto em vida livre, além de fotos da instalação das passagens de fauna na Rodovia GRI 253.

O evento também compõe as ações do Programa Município Verde Azul, dentro da diretiva Biodiversidade. A bióloga Bárbara Prado, do Instituto Florestal, tem trabalhado ativamente em apoio aos municípios de Angatuba, Guareí e Itapetininga. “Os resultados do Programa promovem a qualidade ambiental dos municípios e dessa maneira auxiliam na gestão das unidades de conservação do Instituto Florestal. É um bom programa e deve ser valorizado”, defende Bárbara, que é responsável técnica pela Estação Ecológica de Angatuba.

O evento aconteceu na Praça da Matriz da cidade em momento comemorativo das festividades de São João, padroeiro do município.

 

Passagens de fauna como estratégia de preservação
O projeto “Passagens Aéreas de Fauna: um experimento para o mico-leão preto” é a pesquisa de mestrado da bióloga Francini de Oliveira Garcia pela UFSCar e pela Fundação Parque Zoológico de São Paulo, sob orientação do Prof. Dr. Vlamir José Rocha e coorientação da Profa. Dra. Laurence Marianne Vincianne Culot, da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”(Unesp). Francini foi estagiária na estação Ecológica de Angatuba.

Saiba mais sobre o projeto no link: http://iflorestal.sp.gov.br/2017/03/06/passagens-de-fauna-sao-instaladas-para-evitar-atropelamento-de-mico-ameacado-de-extincao/

 

Fotos: Acervo Estação Ecológica de Angatuba

Mais informações: Bárbara H. S. Prado – Estação Ecológica de Angatuba – Tel.: (15) 3271-3866