http://iflorestal.sp.gov.br

10/07/17 11:21

IF sedia reunião do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de São Paulo

Em outubro, o Instituto Florestal participa da Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação propondo atividades de campo com o tema “A matemática está em tudo”

No dia 06 de julho, o Instituto Florestal (IF) sediou a reunião do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de São Paulo (CMCT&I). O evento ocorreu no auditório do Museu Florestal Octávio Vecchi, zona norte de São Paulo, onde os membros do Conselho puderam discutir a pauta sentados em belíssimas cadeiras de jacarandá-paulista.

O Conselho é presidido pelo secretário municipal de Trabalho e Empreendedorismo Eliseu Gabriel e possui membros de 23 diferentes órgãos, entre secretarias municipais e órgãos de diversas esferas, como universidades e institutos de pesquisa. O IF possui uma das cadeiras desde que o Conselho foi criado, em 2010.

A abertura do evento foi realizada pelo pesquisador científico do Instituto Florestal Miguel Luiz Menezes Freitas e contou com a presença do diretor geral do IF Luís Alberto Bucci no encerramento.

Um dos principais assuntos da pauta discutidos do encontro foi a organização da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, que segue o cronograma do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e está programada para o período entre  23 e 28 de outubro. Um grupo de trabalho, envolvendo as várias instituições e secretarias municipais que fazem parte do CMCT&I, busca viabilizar diversas atividades para o evento. A temática é “A matemática está em tudo”.

 

Propostas do Instituto Florestal

Para a Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, o Instituto Florestal realizará uma atividade junto a estudantes do ensino médio de escolas do entorno do Parque Estadual Alberto Löfgren (PEAL), onde está localizada a sede da instituição, na zona norte de São Paulo.

 A atividade será ministrada pelo pesquisador científico Edgar Fernando de Luca. Primeiro serão apresentados alguns conceitos básicos sobre a influência do carbono, que as árvores seqüestram, nas mudanças climáticas. Em seguida, será realizada uma atividade de campo no Arboreto 500 anos. Estima-se que em 2016 o Arboreto tenha sequestrado 100 toneladas de CO2, e o pesquisador mostrará como é realizado esse cálculo.

Em 2017, as mais de 600 árvores do Arboreto receberam QRCode. Dessa forma, com um smartphone, os alunos poderão acompanhar como se deu o crescimento de cada árvore ao longo dos últimos anos e o quanto cada uma contribuiu individualmente para deixar o nosso ar mais limpo. A ideia é estimular o contato com a natureza e ao mesmo tempo expandir a experiência, transmitindo conhecimento com o auxílio da tecnologia.

 

Museu de novidades

O local escolhido para a reunião do CMCT&I foi o Museu Florestal Octávio Vecchi, localizado no PEAL. Os membros do Conselho presentes puderam conhecer o incomparável acervo que congrega pesquisa científica, artes e história.

O edifício, inaugurado em 1931, foi projetado especificamente para receber o acervo, que é composto por um diverso mostruário de madeiras e sementes, peças das escolas de xilografia, charão (laca japonesa), marcenaria, marchetaria e aquarelas. Com o objetivo de expor a biodiversidade paulista e as possibilidades de uso racional dos recursos naturais, a própria arquitetura do Museu também é parte do acervo, com seus vitrais temáticos, além do forro, assoalho e lustres de madeira entalhados nos quais foram usadas mais de 30 tipos de madeira em sua construção. Merece destaque o grande painel a óleo de autoria de Helios Seelinger que ilustra a história de São Paulo e a pintura mural de espécies nativas realizada por Antonio Paim Vieira.

Os visitantes ficaram encantados com a visita. Eliseu Gabriel afirmou que o Museu Florestal é de nível internacional.

Para Leni Lima, representante do IF no Conselho, a realização da reunião foi uma excelente oportunidade de mostrar aos outros membros o potencial da instituição na difusão da ciência. “Foi uma honra receber pela primeira vez no Instituto Florestal a reunião do CMCT&I, que é tão importante para São Paulo”, agradeceu.

 

Fotos: Acervo Instituto Florestal

Mais informações: Leni Meire Pereira Ribero Lima – Serviço de Comunicações Técnico-Científicas – Tel. (11) 2231-8555 / Ramal 2004